O Marketing Digital faz seu negócio de Importação crescer. Veja como!

Muito se fala hoje em dia do Marketing Digital, do poder revolucionário que ele tem na forma de comercializar e nas relações sociais e de consumo. Mas você sabe o que é?

Marketing Digital é o conjunto de estratégias e ações que pessoas e empresas desenvolvem e implementam na Internet, por meio de todos os dispositivos eletrônicos disponíveis, para alcançar os resultados tradicionais do marketing:

  • Criar, consolidar e aumentar a visibilidade da marca no mercado digital.
  • Formar, fidelizar e aumentar o público-alvo do seu produto.
  • Gerar mais negócios, vendas e recorrências de negócios.

Grande parte do mundo hoje em dia está conectado. Se relacionando, ganhando conhecimento, gerando informação. E as pessoas estão consumindo na grande rede. E muito.

Não há mais fronteiras para fazer negócios quando estamos na internet. Basta usar as ferramentas certas com profissionais de qualidade.

O Marketing Digital faz seu negócio de Importação crescer. Veja como neste artigo.

Quais as vantagens do Marketing Digital?

A lista é grande, mas podemos focar em 4 itens fundamentais:

1. Alcance ilimitado

A Internet é uma imenso e movimentado all day long market onde todos, sem exceção, tem a oportunidade de ser vistos. E por ela passa o maior público consumidor: o planeta.

Nada escapa ao olhar dos bilhões de usuários. Você pode ir dormir e acordar com novas vendas na caixa de e-mails.

É neste ambiente que o Marketing Digital, bem direcionado, fará toda a diferença.

Para um negócio de Importação, o alcance global é essencial, para conquistar o mercado-alvo e despertar interesse em fornecedores e formadores de opinião (seus maiores garotos-propaganda).

2. Foco na individualidade

Todos nós, como consumidores, queremos mais do que ser abordados e aceitar ou recusar um produto. Queremos compartilhar experiências e nos sentirmos únicos.

Mas isso é possível num mercado onde centenas, milhares de oportunidades ao dia?

Com o Marketing Digital, sim.

A experiência do usuário é a base de todo o trabalho, com diversos estudos e, principalmente, conteúdo (informação) direcionado e com qualidade.

Na Importação isto faz muita diferença, uma boa estratégia de conteúdo conduz clientes a desejar produtos com qualidade, melhor preço e segurança, derrubando os mitos que a compra no exterior ainda tem.

E há a exclusividade – artigos de luxo ou itens que não tem similar no Brasil.

3. Ênfase na mensuração

A implementação e avaliação dos resultados das ações e campanhas no Marketing Digital é all the time.

Você pode acordar com medições de usuários que navegaram no site, que produtos clicaram durante a noite, e tudo isto tabulado por vários fatores – idade, classe econômica, região, gênero.

É uma atividade contínua, da sua equipe ou de um profissional contratado, visando extrair dados que confirmem as estratégias ou se é preciso fazer ajustes.

4. Campanhas direcionadas

A Internet, em especial o Google, permitem que todo este mercado potencial seja tabulado, como falamos no item anterior, e que as campanhas sejam totalmente direcionadas ao público-alvo dos seus produtos.

Se você vai focar na Importação de smartphones, as métricas e configurações existentes permitem traçar o perfil do seu público e direcionar as campanhas. Além disto, as publicações de conteúdo criam o engajamento social, no site/blog e redes sociais.

E são campanhas que podem ser monitoradas permanentemente, antecipando mudanças do seu negócio – legislação influenciando em preços, maior ou menor restrição de compra, etc.

Mitos do Marketing Digital?

O Marketing Digital convive com dois mitos que a realidade desfaz rapidamente:

  1. Fazer MD é caro. Certamente que não. O custo de montagem de estratégias e de campanhas é proporcionalmente muito inferior ao modelo tradicional, além de ser mais eficaz. E é configurado e rapidamente revisto conforme os objetivos e necessidades do negócio.

 

  1. Preciso contratar um especialista. Você pode aprender MD com excelentes profissionais em cursos online de marketing e muitos sem data de expiração, você faz a sua agenda. Mas acredite: se preferir focar na gestão do negócio, um profissional qualificado é um investimento menor do que você imagina e com comprometimento com seus resultados.

Conhecer seu negócio é o maior aliado do Marketing Digital

Uma equipe de Marketing Digital sabe obter o máximo de informações para colocar seu negócio no mapa comercial do mundo da forma mais eficaz.

Mas a experiência do dono que é a base do trabalho de MD.

E o mercado de Importação é altamente dinâmico.

Novos produtos a todo instante. Novos nichos interessantes. Variação de câmbio e legislação no Brasil. Mudanças nas políticas de compra de itens em alguns países.

É fundamental o domínio dos processos, das informações e das relações com as empresas parceiras para lidar com essa dinâmica.

E como se qualificar e obter ganhos mais rápidos com decisões melhores, inclusive no Marketing Digital?

Um Curso de Importação como o https://academiadosimportadores.com é uma ferramenta essencial para qualificar o profissional para o negócio como um todo, e também alinha cada aspecto e objetivo do risco com o mundo digital.

Qualificação em Importação com um profissional de Marketing Digital é a parceria que vai potencializar suas vendas e seus lucros no grande mercado global!

 

Quais são os segredos para uma Pousada bem sucedida no Brasil? Você pode ter uma delas!

Empreender nunca é um projeto fácil, por mais que a gente se sinta preparado para administrar tantas questões para abrir um negócio e muitas outras para manter e fazer crescer.

E quando falamos de empreender no Brasil, um país continental, tudo fica mais desafiador, com uma legislação tributária complexa e uma infraestrutura que ainda deixa muito a desejar, principalmente em transporte e burocracia.

Porém, quem tem o sangue de empreendedor, transforma tudo isso em desafios, claro que com a grande dose de realismo, mas sem perder o desejo de vencer sendo independente e protagonizando no mercado.

As Pousadas além de um empreendimento bastante lucrativo – se bem administrado – são extremamente prazerosas ao lidarmos com a satisfação pessoal de famílias e casais, proporcionando momentos inesquecíveis.

E todos nós certamente já pudemos usufruir de hospedagens charmosas, elegantes, em lugares paradisíacos, e pensamos: por que não investir em uma Pousada?

Vamos falar um pouco do que quais são os segredos para uma Pousada bem sucedida no Brasil? Você pode ter uma delas!

1. O sucesso de uma Pousada começa com um Plano de Negócio

O Plano de Negócios é o primeiro e um dos mais importantes documentos que um empreendimento vai exigir. Ele é o planejamento detalhado do que queremos implementar, de que forma, quando e com que recursos – financeiros ou não.

É nele que vamos começar a definir:

  • Que produto ou serviço queremos criar.
  • Onde ele será instalado.
  • O que os clientes em potencial esperam de um produto com as características do que queremos criar.
  • Quem é e onde está o público-alvo.
  • O valor de investimento e a destinação dele – equipamentos, ponto comercial, pessoal, materiais, marketing e outros itens, a lista é grande e deve ser pensada nos detalhes.
  • Prazo de retorno conforme a montagem de todos os itens anteriores.
  • Cenários social e econômico que podem favorecer ou prejudicar o negócio.
  • Os processos que precisarão existir para administrar o negócio da forma como ele foi desenhado para prever custos – por exemplo, se vamos instalar uma pousada em Visconde de Maua, é preciso pensar em veículo para buscar mercadorias e negociações com fornecedores locais em preços melhores.

Dificilmente um negócio conquista um resultado sustentado se não houver um Plano de Negócios extremamente detalhado e pensado de forma realista, para definir se o projeto tem viabilidade financeira e pode, inclusive, captar investidores.

2. Essencial: definir o público-alvo de forma realista

São os clientes que sustentarão o seu negócio. É uma afirmação óbvia, mas quantos negócios promissores você viu ruírem porque entregavam algo diferente das expectativas dos clientes?

Você conhece bem os clientes que podem comprar os serviços da sua Pousada? Quem vai frequentar o recanto que você quer abrir naquela serra paradisíaca?

Este item faz parte do Plano de Negócios mas precisa de uma dedicação exclusiva e constante. É das definições dele que sairão a expectativa de ocupação  e o perfil econômico, que definirão o preço da diária.

Definições incorretas aqui, acredite, podem fazer sua Pousada ficar vazia em um feriado.

Um belo exemplo deste conhecimento do público-alvo é a Pousada Recanto da Serra, em Visconde de Maua, que recebe – e atende com qualidade – casais que gostam de curtir a natureza e fazer trilhas, casais que curtem a culinária mineira ou querem viver momentos especiais.

3. Conhecer profundamente a sua concorrência

Ter concorrência é saudável.

Instalar uma Pousada isolada numa praia selvagem pode ser uma cartada de mestre. Mas será que a região terá infraestrutura e serviços que atendam o seu negócio? Ou você pagará muito caro para ter cada um deles?

Se o preço da diária pagar tudo e deixar lucro, ótimo. Mas é fundamental pensar nisso a longo prazo e na dependência maior (custo) que temos do entorno quando estamos sozinhos.

Estar perto de concorrentes permite entender como é a dinâmica de atendimento de uma Pousada, o que eles entregam e o que você pode fazer de único para atrair mais clientes. Uma boa ação é hospedar-se nelas em tempos de alta e baixa e perceber quais são os planos delas.

Concorrente não é quem vende o mesmo que você. É quem vende pro seu cliente.

4. Ter um mercado fornecedor amplo e de qualidade

Este item muitas vezes é subestimado no planejamento inicial e até no dia a dia. E muitas vezes viramos reféns de fornecedores caros, porque não temos uma carteira ampla para negociar, ou fornecedores de qualidade duvidosa, porque atendem mais rápido mas não nos planejamos para buscar opções programadas e mais baratas.

É importante lembrar: uma Pousada lida com satisfação emocional de cliente no sentido mais básico. Não é bom para o negócio ver clientes insatisfeitos com um café da manhã pequeno ou com produtos fracos, ou quartos mal conservados.

5. Marketing: a chave para transformar os planos em sucesso

Planejar corretamente as estratégias de Marketing para a sua Pousada é fundamental para investir nas formas eficientes para atingir o público-alvo definido.

Neste ponto, o Marketing Digital faz toda a diferença.

  • Pesquisas de mercado mais rápidas e mais assertivas.
  • Um site e um blog que conversem com os clientes muito antes da venda.
  • Redes sociais leves, dinâmicas e elegantes.
  • Conteúdo atraente dos assuntos que serão publicados, para criar um engajamento dos clientes com a sua marca e para gerar possíveis vendas sem anúncios.
  • Anúncios pagos nas redes sociais.

Também é importante avaliar constantemente os resultados para definir que meios são mais eficazes a cada momento.

Esperamos que estas dicas sejam úteis para que você possa ser bem sucedido na sua Pousada!

 

Vamos falar de 5 dicas infalíveis de Marketing Digital para sua startup investir e crescer!

Vivemos uma era onde o mundo digital não é mais uma novidade que não sabemos até onde vai. E o Marketing Digital aproxima as empresas do grande público consumidor (e investidor) de uma que nunca poderíamos imaginar nos recursos do mundo físico.

Então, não há motivos para que as estratégias digitais fiquem de fora ou em segundo plano na sua empresa. Nas startup – digitais, baseadas na repetição e na escalabilidade – o Marketing Digital se torna ainda mais importante, fortalecendo as relações do mercado consumidor e criando um canal de comunicação muito mais ágil e de resultados mais rápidos.

Cada startup deve eleger as estratégias mais adequadas ao seu perfil de negócio, mercado consumidor e metas. Mas aqui vamos falar de 5 dicas infalíveis de Marketing Digital para sua startup investir e crescer!

Dica 1: invista tempo para conhecer profundamente o seu público-alvo.

Podemos ter o produto ou serviço mais inovador do mercado em mãos, mas será que temos um mercado que se interesse por ele? Será que ele resolve as dores destas pessoas?

Se respondermos não a uma destas perguntas, certamente temos apenas uma boa ideia. Por este motivo é muito importante fazermos muitas pesquisas para entender quais os problemas que as pessoas tem com uma determinada situação e quem são estas pessoas – idade, gênero, local, renda mensal, hábitos, expectativas.

É um trabalho que, se for feito com prioridade, tempo e muito estudo, reflete numa massa de pessoas com potencial para ser seus clientes.

Dica 2: uma combinação site/blog que crie audiência e engajamento.

Vivemos a era das experiências de consumidor e de usuário. E as pessoas não querem mais simplesmente pesquisar, ver as características, ouvir uma conversa de vendedor que as influencie a comprar. Não querem se sentir apenas como uma presa na selva do mercado.

Elas sabem que tem o poder e querem fazer com que uma compra seja uma experiência de conhecimento que as deixem seguras sobre as escolhas de consumo que fazem.

Por isso é tão importante investir em um site leve e menos engessado – como a maioria das empresas ainda produz para dar apenas informações básicas sem atrativos – combinado com um blog com informação:

  • Relacionada: não falar apenas e diretamente do seu produto, mas de temas que criem envolvimento e engajamento nas pessoas e uma audiência, por onde outros conteúdos atrairão elas para seu produto naturalmente. Por exemplo, se seu negócio é uma plataforma de empréstimos online, falar de como consumir melhor, como evitar o cheque especial, são assuntos de grande interesse e que mantém as pessoas em seu blog, aumentando a visibilidade dele.
  • Empática: uma linguagem que fale de situações reais – de forma que as pessoas se identifiquem e deem credibilidade ao conteúdo – e que seja próxima da audiência – evitar textos técnicos demais ou relaxados demais.

Seu blog precisa ser dinâmico. Não adianta postar um belo artigo sobre como evitar o cheque especial hoje e postar outro daqui a um mês. As pessoas investem seu tempo em uma rotina de artigos que se relacionem, criando um interesse crescente. E no exemplo dado – finanças – o que não falta são informações e novidades.

O grande objetivo do blog deve ser criar uma imagem de conhecimento e autoridade perante um número crescente de potenciais clientes.

Dica 3: invista fortemente no SEO para o seu conteúdo.

A qualidade do conteúdo é fundamental, como falamos anteriormente. Mas ela, sozinha, não leva seus artigos ao seu público.

É preciso investir em SEO, o conjunto de técnicas que diferenciam e aumentam a visibilidade do seu conteúdo na grande rede. O Google é o grande mundo onde estas técnicas terão efeito e ele ranqueia cada postagem segundo uma série de critérios.

Você pode estudar SEO, existem muitos e ótimos cursos a respeito e a preços muito bons. Mas também precisará acompanhar as mudanças, novos recursos e ferramentas mais ágeis ou precisas, e principalmente as novas regras do Google. Então recomendo que contrate um Consultor de Marketing Digital que tenha especialização em SEO. Os resultados aparecerão mais rápido.

 

Dica 4: presença com qualidade nas redes sociais – e as corretas.

As redes sociais são, sem dúvida, a forma mais poderosa de comunicação rápida com o maior volume de pessoas ao mesmo tempo.

E a sua startup precisa estar lá, com páginas corporativas leves, atraentes e replicando muito do conteúdo que for gerado no site/blog e acrescentando notícias, pois ali a dinâmica delas é melhor percebida.

Porém, não se preocupe em estar em todas as redes sociais, aposte nas mais efetivas para o seu modelo de negócios. Um Instragam, que é uma rede social visual, certamente não agrega muito para um negócio de consultoria de TI, por exemplo. Com certeza o Facebook e o LinkedIn são mais adequadas. Melhor investir mais naquelas que podem trazer mais retorno de cliques, comentários, contatos e acessos aos links compartilhados nelas.

Dica 5: tráfego orgânico é ótimo, mas não deixe de investir em anúncios.

Site/blog envolventes e criam engajamento, conteúdos com qualidade e otimização com SEO são um belo pacote para criar oportunidades organicamente – sem custos.

Mas não abra mão de investir em anúncios pagos, especialmente no Facebook. Em algumas situações e momentos, eles são mais efetivos e complementam a estratégia de atingir mais clientes. Seu Consultor de Marketing Digital poderá dar as opções e a forma de construí-los, mas você pode também estudar por conta própria.

Lembre-se: sua empresa nasceu pra ganhar dinheiro na Internet!

Uma startup é uma empresa que nasce para monetizar no mundo digital. É a essência dela. E isto deve ser levado para todas as atitudes e decisões de Marketing Digital.

Sempre buscar as últimas tendências, renovar métricas e ferramentas, estudar muito e sempre este universo que muda constantemente – o que é muito bom. O Marketing Digital deve estar presente como o grande condutor do negócio.

Um grande exemplo desta visão é a Simplic, uma startup de empréstimos on-line que tem como fonte principal de receita a internet.

Então, invista como a Simplic no mundo digital e muito sucesso para você!