Plano de marketing para um produto de varejo alimentar (Foto de Norma Mortenson no Pexels)

Plano de marketing para um produto de varejo alimentar

Acima de tudo, o objetivo principal de qualquer plano de marketing de marca de alimentos é vender produtos e aumentar sua participação no mercado. 

Para chegar lá, você deve se envolver com seu público-alvo e criar consciência de marca, convidar a avaliação, incentivar o uso contínuo do público e desenvolver afinidade com a marca por meio da diferenciação do produto.

Existem diversas táticas que podem ser usadas, desde vender alimentos ou panela, mas que demandam de um bom planejamento. 

Todo o planejamento de uma estratégia de marketing vai definir o seu sucesso, independentemente do nicho. 

Tempo, público-alvo e orçamento

Seu plano de marketing de marca alimentar já deve estar solidificado, com base em todo o trabalho anterior que você e sua empresa realizaram, que inclui uma análise abrangente de mercado e pesquisa de posicionamento. 

As metas que você define para sua marca devem ser bem definidas, mensuráveis ​​e realistas. De muitas maneiras, o restante do seu plano de marketing depende de três coisas: tempo, público-alvo e dinheiro.

Canais Táticas e ROI

Você precisa levar um tempo ao considerar as opções de marketing disponíveis para você no espaço de ativação da marca. 

Quais canais de marketing são melhores para sua marca? Quais táticas têm mais probabilidade de atingir seu mercado-alvo e oferecer o melhor retorno sobre o investimento? Quanto você pode realmente gastar em seu plano de marketing?

Os planos de marketing levam tempo para se desenvolver e amadurecer depois de lançados.

Relacionamentos de longo prazo com seus consumidores são tão significativos, senão mais importantes do que as vendas imediatas.

Então você deve dedicar seu tempo para fazer o plano de marketing de sua marca de alimentos desde o início e depois deixá-lo seguir seu curso.

A maioria das marcas de alimentos saudáveis ​​são empresas de pequeno a médio porte. 

Portanto, o marketing de conteúdo para elas é uma forma econômica de serem expostas ao público de massa e os ajuda a serem encontrados, escolhidos, comprados e compartilhados pelos consumidores. 

Até certo ponto, o marketing de conteúdo pode substituir a publicidade tradicional, promoção de vendas cara e comunicações corporativas sofisticadas. 

O lançamento de novos produtos alimentícios precisa de formatos mais criativos além do comunicado à imprensa, incluindo vídeos, concursos, discursos, demonstrações, etc.

Feeds em plataformas sociais podem criar um burburinho sobre sua marca, construir relacionamentos com seguidores e entregar os valores essenciais de sua empresa.

Atividades promocionais para amplificar sua voz

Por exemplo, em uma demonstração de culinária, você pode promover seus produtos com pôsteres, cartões de receitas ou locutores de prateleira para destacar alimentos específicos.

Você também pode tentar alguns outros canais promocionais, como revistas de alimentos, blogs e feeds nas redes sociais, nos quais a experiência em RP e o marketing de influência podem ser aplicados para maximizar seus resultados de marketing.

As redes sociais tem cada vez mais influência e estão dando mais espaço para vendas, por isso, é fundamental manter uma presença online nessas redes, tendo uma comunicação direta com o consumidor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *